Instagram para e-commerce: entenda como utilizar essa ferramenta para alavancar sua loja virtual

Que o Instagram é uma das redes sociais mais utilizadas no Brasil, nós já sabemos. Ultrapassando a margem de 1 bilhão de usuários, a queridinha do time de Mark Zuckerberg trabalha e muito bem a exposição das lojas virtuais e suas novidades em produtos.

Num mercado que cresce mais de 12% ano, o e-commerce promete revolucionar experiências e levar ao mundo inteiro oportunidades nunca vividas anteriormente. Sabendo disso, o universo digital continua sendo um dos maiores e melhores mercados a serem estudados, compreendidos e investidos!

O que é Instagram Shopping?

Sabe quando marcamos nossos amigos nas fotos compartilhadas? Para perfis comerciais, é possível marcar o nome do produto e seu preço. Desta forma, o cliente pode ser direcionado à página de compra e finalizar seu pedido 😍

Isso que é utilizar as ferramentas disponíveis para impactar vendas, não é? 😊

A ferramenta pode ser inserida em publicações específicas, nas próprias fotos dos produtos, quanto no perfil, com um botão “comprar”.

Imagine uma loja virtual de bolsas e acessórios, por exemplo, que posta a foto de um ambiente com uma bolsa que possui em sua loja virtual. Nesta hora a marca poderá incluir balõezinhos que levam o usuário até a página de compra desses produtos.

“Agora as pessoas podem ir da inspiração à informação e comprar com apenas alguns toques, tudo isso de forma orgânica”, diz o texto publicado no blog oficial do Instagram.

Confira como funciona na prática:

Dicas essenciais para um conteúdo atraente

Repense seu jeito de divulgação. Precisamos levar em conta as seguintes etapas:

1 – Criatividade

2 – Conexões

3 – Comunidades

4 – Vendas

Sem essas etapas acima, você provavelmente não conseguirá impactar um número maior de pessoas, precisa ser criativo, gerar conexões, despertar comunidades e proporcionar uma experiência única para vender bem e mais!

1 – Exclusividade

Você tem algo exclusivo em seu acervo de produtos, serviço ou atendimento? Publique! Faça uso deste diferencial e comunique aos seus clientes. Se você não o fizer, a exclusividade ficará apenas para você.

2 – Qualidade

Como que é feito o processo de produção, separação, embalagem, despacho, atendimento, relacionamento e compras? Divulgue a qualidade do seu produto, abra as portas do seu negócio e faça com que o cliente sinta-se em casa.

3 – Necessidades

Você atende a uma necessidade específica? Diga! Se o seu produto pode ser especial para um nicho de cliente, que tal demonstrar esse atendimento? A venda não é só sobre criar necessidades e sim, atender a este mercado com qualidade!

4 – Promoções

Já publicamos aqui sobre o calendário 2019 e as datas sazonais que podemos trabalhar promoções, mas você pode e deve também criar o seu calendário. São ações importantes para captar novos clientes, engajar os que continuam ou resgatar carrinhos abandonados.

5 – Mudanças

Sua loja vai mudar alguma política, forma de pagamento, atendimento, contato ou até mesmo o endereço? Você precisa avisar o seu cliente! Ninguém gosta de chegar no ponto de venda e ser surpreendido com uma notícia “Mudamos para…” sem sermos avisados, não é mesmo?

6 – Colaboradores

Mostre quem faz acontecer. Isso traz proximidade entre a marca e o cliente, engaja os colaboradores e traz um olhar humano para o seu negócio. Conversamos muito com robôs, que tal mostrarmos quem somos de verdade?

7 – Clientes

Da mesma forma que os colaboradores, você precisa publicar as opiniões dos seus clientes, feedbacks e atendê-los. Se você receber em algum momento um feedback negativo, aprenda com ele, responda o seu cliente e seja transparente, sempre. Caso surja alguma ideia legal do seu cliente, dê ouvidos e publique esta interação. Se o seu cliente te marcar em alguma publicação, que tal compartilhar? Isto traz conteúdo vivo e traz segurança a novos clientes.

8 – Texto curto

Em suas publicações nas redes sociais, tente ser breve. Caso precise produzir aquele famoso “textão”, link com o blog ou outro canal onde possa explicar mais!

9 – É relevante?

Seu conteúdo é relevante para o seu público? Sim? Publique. Não? Faça o uso em suas redes sociais pessoais. O que muitos empreendedores confundem, são conteúdos pessoais com conteúdos da marca. Tenha cuidado e tenha uma curadoria do seu conteúdo!

10 – Impulsione!

Tendo em vista que o Facebook entrega para menos de 4% da sua base o conteúdo publicado, nossa dica é fazer o impulsionamento destas ações.

Publicamos aqui sobre como o Facebook pode te ajudar a alavancar as vendas e também uma ajudinha para decidir entre Google Ads e Social Ads.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe então seus insights e vem crescer com a gente!

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Chegou sua hora de crescer sem limites

Avalie por 10 dias grátis.